16 de agosto de 2017

O REINO vs O PARAÍSO

PARE E PENSE!!!

“O REINO vs O PARAÍSO”

O estudo a seguir tem por objetivo, corrigir um erro clamoroso criado dentro dos lugares chamado igrejas. Hoje vamos apresentar com evidências bíblicas, a diferença entre; Reino e Paraíso.
Todo crente já está no Reino, é importante que o leitor tenha ciência; após a morte de Cristo na cruz do calvário, o Reino de Deus se estabeleceu aqui na Terra. Quando saímos deste corpo, quando os nossos dias em carne chegam ao fim, nosso espirito retorna ao Paraíso!

E o pó volte a terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu. ECLESIASTES. 12: 7.

Por diversas vezes encontraremos nas cartas do apostolo Paulo, a expressão “Reinado”, “Reino”, “Reinarão”. Na epistola que o apostolo escreve aos Gálatas, após advertir a igreja sobre suas condutas “carnais”, ele traz uma destas expressões acerca do Reino:

… Como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. GÁLATAS. 5: 21.

A igreja de Corinto em sua primeira carta, ele cita por duas vezes a mesma advertência:

Não sabeis que os injustos não hão de herdar “o reino de Deus”?… nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores “herdarão o reino de Deus”. 1ª CORÍNTIOS. 6: 9, 10.

Como afirmado acima, o apostolo está chamando a atenção de alguns, que estavam se conduzindo de forma desordenada, e estas atitudes poderiam afetar o reinado de muitos.

É necessário aclarar que reinado só pode ser exercido, enquanto estivermos em um corpo carnal. Esse assunto que devemos nos comportar, viver uma vida celibatária, abster-se de um sem numero de coisas, para garantirmos um lugar no céu e reinar com o senhor na gloria, não procede.

Vejamos a evidência na qual o apostolo Paulo, direciona o nosso reinado:

Porque, se pela ofensa de um só, a morte reinou por esse, muito mais os que “recebem a abundância da graça”, e do dom da justiça, “reinarão em vida” por um só, Jesus Cristo. ROMANOS. 5: 17.

DUAS OBSERVAÇÕES PRECIOSAS:

– Para reinar; você tem que estar vivendo em “graça”, debaixo da lei de condenação, não há reinado.

– Está clara a expressão do apostolo; “reinarão em vida”, então o assunto é aqui.

O REINO ANUNCIADO PELOS PROFETAS

Na profecia referindo-se ao advento do messias, Isaías nos fala de um reinado que nunca teria fim.

O dilatado de seu império e a paz não terá limite, sobre o trono de Davi e sobre seu reino, para o firmar e o fortificar com juízo e com justiça, desde agora e para sempre; o zelo do Senhor dos Exércitos fará isto. ISAÍAS. 9: 7.

Daniel também assinala, para um reinado indestrutível.

E nos dias desses reis, o Deus do céu levantará um reino que jamais será destruído; e este reino não passará a outro povo; esmiuçará e consumirá todos esses reinos, mas ele mesmo subsistirá para sempre. DANIEL 2: 44.

Jesus de Nazaré ao ser interrogado pelos Judeus acerca deste, lhes responde; este reino não é físico, não é visível, não é palpável, isto é espiritual:

“Nem dirão: Ei-lo aqui ou, ei-lo ali; porque eis que o Reino está entre, em vós”. LUCAS. 17: 21.

A resposta de Jesus é contraria a tudo que nos foi ensinado, ele não fala de uma cidade santa, não fala em ruas de ouro, ele não descreve mares de cristal, isto já esta entre nós, (dentro de nós). Este reino só pode ser ativado quando ouvimos este evangelho. “…mais os que recebem a abundância da graça”, e do dom da justiça, “reinarão em vida”…”

O REINO ANUNCIADO POR JESUS

Logo após a tentação no deserto, Jesus entende que sua missão sobre esta terra esta se findando, ele irá consumar tudo aquilo a que veio (tirar o pecado, cumprir a lei, destruir ao diabo), então ele começa a anunciar; O reino de Deus está próximo.

Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus. MATEUS. 4: 17.

Em outro momento de sua jornada, Mateus novamente retrata Jesus falando de um reino que seria estabelecido, notem que ele não fala que viria o fim do mundo e “os salvos” iriam aos céus. Ele está citando um evento por vir, o qual estaria bem próximo de nós.

Mas, se eu expulso os demônios pelo Espírito de Deus, logo é chegado a vós o reino de Deus. MATEUS. 12: 28.

O REINO ENSINADO POR PAULO

Jesus de Nazaré já foi à cruz, cumpriu sua missão e tudo consumou. Paulo então passa a declarar para a igreja; o Reino de Deus, já se estabeleceu.

O qual os “trasladou” do reino das trevas para o Reino do seu amado filho. COLOSSENSES. 1: 13.

Quando Paulo cita que fomos transportados das trevas, ele está esclarecendo que saímos da escuridão, saímos do desconhecimento, fomos iluminados por meio deste evangelho. Viver em ignorância e o mesmo que estar em trevas. Ao sermos expostos a este conhecimento, recebemos um reinado que jamais poderá ser movido, e isto é um decreto da parte de Deus.

Assim que recebendo um reino inabalável, tenhamos gratidão, pela qual sirvamos a Deus agradavelmente, com temor e reverencia; HEBREUS. 12: 28.

DIFERENÇAS ENTRE REINO E PARAÍSO

O verso a seguir define muito bem esta separação, já estamos cientes que reinado é aqui, e temos de estar em um corpo carnal. Como podemos então perder esta gloria, já que Paulo adverte varias vezes, os que tais coisas “praticam” não herdarão o Reino de Deus?

O fato a seguir narra os acontecimentos da crucificação de Cristo, a seu lado estão dois ladrões e um deles faz a seguinte exclamação:

E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino. LUCAS. 23: 42.

Jesus ciente que o homem que esta a seu lado, cometeu diversos crimes e esta colhendo o fruto de suas ações, lhe responde:

E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso. LUCAS. 23: 43.

Como Paulo descreve em suas epistolas; estamos vestidos de um corpo carnal que sempre tem a propriedade de cometer coisas que nos envergonha, humilha, e nos trás colheitas desagradáveis.
No fato narrado acima, os ladrões estão perdendo o direito de reinar, estão perdendo o privilegio de desfrutar da vida.

Um é filho de salvação, “hoje estarás comigo no Paraíso”, o outro é filho de perdição, vaso de ira predestinado à destruição (ROMANOS. 29: 22 23). Jesus então fala ao filho de salvação; Teu reinado neste momento será extinto, estais colhendo o que plantou, mas hoje mesmo teu espirito retorna aos braços do Pai.

CONCLUSÃO

O Reino é aqui já estamos assentados com Cristo em lugares celestiais, já estamos vivendo parte de sua gloria (embora em um corpo corruptível).

E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus; EFÉSIOS. 2:6.

O que falta é cumprir o estabelecimento deste reino em sua plenitude; a transformação de nossos corpos mortais, para vivermos eternamente com o Pai “nesta terra”. Veja o que o apóstolo fala a igreja de Coríntios; Nem todos dormiremos, nem todos veremos a morte.

Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, “nem todos dormiremos”, mas todos seremos transformados; Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.

Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade. E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi à morte na vitória.
1ª CORÍNTIOS. 15: 52 – 54.

Portanto o teu chamado é reinar em vida, desfrute desta dadiva, com limpa consciência, sabendo; tudo que plantarmos iremos colher. Não olhe para cima, o assunto é aqui, lembre-se da promessa:

Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra; MATEUS. 5: 5.

Sobre este assunto falaremos em outra oportunidade, você é um abençoado!

Para solicitar estudos escreva-nos: estudosparepense@gmail.com

Curta nossas paginas no Facebook:

JH CALQUEOS https://www.facebook.com/JH-Calqueos-267765700080161/

LOUVORES EM GRAÇA – https://www.facebook.com/Louvores-EM-GRA%C3%87A-547150175483721/


Você é nosso visitante número: visitas