18 de agosto de 2017

UM DECRETO DE DEUS

PARE E PENSE!!!

“UM DECRETO DE DEUS”

Antes de entramos neste estudo, gostaríamos de determinar o que vem a ser um decreto:

1 – Ordem ou resolução emanada de autoridade superior ou instituição, civil ou militar, leiga ou eclesiástica.
2 – Manifestação de vontade; desígnio. “d. divino”.
3 – Decisão, determinação.

O fato em questão trata-se de; UM DECRETO DE DEUS, sua vontade estabelecida, uma decisão, uma determinação. Após a morte de Jesus Cristo na cruz, houve uns resultados para o crente: Um estendeu-se para o espírito e outro para o corpo. Vejamos quais são:

PARA O ESPÍRITO

O primeiro resultado estabelecido para nosso espírito, é que fomos aperfeiçoados para sempre, lembre-se; isto é decreto da parte de Deus, nada e ninguém podem mudá-lo.

Porque com uma só oferta “aperfeiçoou para sempre” os que são santificados. HEBREUS. 10: 14.

Em espírito estamos perfeitos e completos, não há que se fazer mais nada a este respeito. Em sua morte a igreja foi santificada, regenerada, e em espírito estamos irrepreensíveis diante de Deus. Portanto os chamados cultos, para santificação, consagrações, não tem valor algum, você está santo e impecável, diante Dele.

Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, Para a “santificar”, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, Para apresentá-la a si mesmo igreja gloriosa, “sem mácula”, “nem ruga”, nem coisa semelhante, mas “santa” e “irrepreensível”. EFÉSIOS. 5: 25 – 27.

Quando Paulo cita igreja, não esta falando de templos, denominações, mas sim dos que foram escolhidos, antes da fundação do mundo. Na carta aos Hebreus, ele descreve com muita propriedade esta igreja.

Mas chegastes ao monte Sião, e à cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial, e aos muitos milhares de anjos; À congregação dos primogênitos, que estão inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos “espíritos dos justos feitos perfeitos”; HEBREUS. 12: 22, 23.

Está claro que em sua morte, fomos feitos um com o Senhor. Somos propriedade sua perpetuamente.

Mas o que se une ao Senhor “um espírito é com ele”. 1ª CORINTIOS 6: 17.

PARA O CORPO

Embora estejamos em um corpo corrupto, este corpo é do senhor, quando Cristo derrama seu sangue na cruz do calvário, ele toma posse deste.

Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus. 1ª CORINTIOS. 6: 20.

Seu decreto sobre nós é tão contundente, que nem a morte tem o poder de invalidar este.

Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si. Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor. Porque foi para isto que morreu Cristo, e ressurgiu, e tornou a viver, para ser Senhor, tanto dos mortos, como dos vivos. ROMANOS. 14: 7 – 9.

IMPORTANTE: Isso não depende de nossa vontade, ele quis e assim o fez.

E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade, EFÉSIOS 1: 5.

DECRETOS ESTABELECIDOS

Baseado nos dois aspectos citados acima, qual a posição que a igreja deve ter nos dias atuais?

– Depois da cruz não podemos conhecer a ninguém segundo a carne:

Assim que daqui por diante a ninguém conhecemos segundo a carne, e, ainda que também tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo agora já não o conhecemos deste modo. 2ª CORINTIOS. 5: 16.

Este verso esclarece dois pontos fundamentais, que infelizmente não vemos ser respeitado, dentro das chamadas igrejas. Paulo esta sendo explicito em divulgar este decreto; Daqui por diante, depois da cruz, há ninguém podemos ver em carne, ou seja, não importa qual seja a conduta de teu irmão, a você não lhe é permitido, julgá-lo em carne, cada um dará conta de si.

De maneira que cada um de nós dará conta de “si mesmo” a Deus. Romanos. 14: 12.

A segunda parte do verso é de vital importância, para definir em que pacto você esta vivendo, muitas vezes o apostolo era acusado, de não querer respeitar a Jesus de Nazaré. Porém devemos nos situar; seguir a Jesus de Nazaré, nos direciona de encontro a Lei mosaica, Jesus de Nazaré foi judeu e veio, para cumprir a lei. Jesus de Nazaré não foi cristão, o cristianismo começou com Paulo (este assunto abordaremos em tempo oportuno), nós devemos estar mirando ao ressuscitado.

Assim, meus irmãos, também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo, para que sejais de outro, daquele que ressuscitou dentre os mortos, a fim de que demos fruto para Deus. ROMANOS. 7: 4.

Daí a citação do apostolo; e se conhecemos a Cristo segundo a carne, já não o conhecemos deste modo.

– Ninguém pode acusar nem, apartar os escolhidos de Deus:

Um filho de Deus, jamais deve receber acusações e condenações, pode ter o titulo que tiver a este não lhe foi dada a prerrogativa, de julgar e condenar um escolhido.

Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós. ROMANOS. 8: 33, 34.

– Cobrindo a um irmão

Veja o conselho apostólico quando surpreendemos a alguém em falta.

Irmãos, se algum homem chegar a ser surpreendido nalguma ofensa, vós, que sois espirituais, encaminhai o tal com espírito de mansidão; olhando por ti mesmo, para que não sejas também tentado. GÁLATAS. 6: 1.

O alerta é bem serio; Todos nós estamos em um corpo de debilidade, todos estamos sujeito a quedas, cuidado amanhã pode se você. Cabe então o que? Apresentar a todo homem perfeito, independentemente de sua conduta carnal.

A quem anunciamos, admoestando a todo o homem, e ensinando a todo o homem em toda a sabedoria; para que apresentemos todo o homem perfeito em Jesus Cristo; COLOSSENSES. 1: 28.

CONCLUSÃO

Quando se viola um Decreto, estamos sujeitos as sanções da lei vigente. Aqui neste pacto, Deus não irá te castigar, os fiscais deste pacto são os anjos, e mediante sua infração a este, eles te traz justa retribuição.

Portanto, exortamos a todos a respeitar os decretos de Deus! A matemática é simples; Tudo o que homem plantar, isso colherá. Gálatas. 6:7

Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós. Mateus. 7: 2.

você é um abençoado!

Para solicitar estudos escreva-nos: estudosparepense@gmail.com

Curta nossas paginas no Facebook:

JH CALQUEOS https://www.facebook.com/JH-Calqueos-267765700080161/

LOUVORES EM GRAÇA – https://www.facebook.com/Louvores-EM-GRA%C3%87A-547150175483721/


Você é nosso visitante número: visitas